Pular para o conteúdo principal

​Projeto que cria o ‘Dia da Mulher Cristã Evangélica’ é sancionado




Portal no Ar

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), aprovou a criação do Dia da Mulher Cristã Evangélica, um projeto de lei da Assembleia Legislativa de autoria do deputado estadual Adilson Rossi (PSB). A data será comemorada no dia 28 de março.

Em sua justificativa para apresentação do projeto, o deputado afirma que “as mulheres cristãs temê um papel muito importante na família, na Igreja e na sociedade, e temos que valorizar“.

Afirma ainda que, se “no começo do século 20, a mulher era ainda considerada, muitas vezes, como intelectualmente inferior, como incapaz de assumir responsabilidades cívicas, devendo, por isso estar sujeita à tutela familiar do homem“, hoje “a influência da mulher em todas as esferas da sociedade tem aumentado. Podemos constatar esse fato através da presença das mulheres em muitos lugares onde até há bem poucos anos era impensável“.

Há cerca de seis meses, outro projeto de cunho evangélico, o Dia de Combate à Cristofobia, da Câmara Municipal de São Paulo, foi vetado pelo prefeito Fernando Haddad (PT). O projeto, de autoria do vereador Eduardo Tuma (PSDB), defendia a criação da data para garantir a liberdade de expressão dos cristãos.

A criação do Dia da Mulher Cristã Evangélica foi publicada na edição de sábado (19) no Diário Oficial do Estado.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Angélica tatua nome da filha

Depois de fazer mistério sobre sua nova tatuagem, postando uma foto durante a sessão com a legenda: "Ai ai ai!!! O que eu to aprontando?!?!", a apresentadora Angélica mostrou aos seguidores do Instagram o resultado do trabalho do tatuador Joaquim. A loira tatuou o nome da filha caçula, Eva, no pulso.
No outro braço, a apresentadora já tinha tatuado as iniciais dos nomes de seus dois outros filhos, Joaquim e Benício, frutos de seu casamento com Luciano Huck. O marido também foi homenageado com uma tatuagem. Angélica tem tem uma estrela de Davi e a letra L desenhadas em sua nuca.
Joaquim, o filho mais velho do casal de apresentadores, completou 9 anos em março. Benício tem 6 anos e a pequena Eva, homenageada na nova arte corporal da mamãe, tem apenas 1 aninho. Luciano Huck e Angélica estão juntos desde 2003.
Yahoo

Cuidado com a publicidade infantil na internet

Hoje, no Dia do consumidor, precisamos falar de consumo consciente, principalmente quando de trata das crianças. Por diversas vezes a gente relaxa e deixa os filhos expostos às marcas e a produtos, liberamos os canais de desenho ou do Youtube com vídeos e mais vídeos de produtos. E as crianças ainda não conseguem perceber claramente o conteúdo comercial do educativo (ou de entretenimentos).

Aqui em casa a gente tem algumas políticas para barrar o consumo desenfreado. A primeira delas é: ganhou, doou. Vale para presentes de aniversários, Natal ou press kits que chegam por aqui. Muitos presentes a gente passa adiante, outros separamos para a doação coletiva na escola. E os meninos já são educados a isso, então não é drama desapegar dos brinquedos.

A outra coisa que eu sempre converso com eles é sobre a real necessidade da compra. Já tivemos a fase do “eu quero, eu quero, eu quero”, que foi contornada, sem grandes problemas, com a orientação do real valor do dinheiro. Agora, com Gabriel ma…

Anvisa suspende venda de 13 lotes de anticoncepcional: veja se é o que você usa

O anticoncepcional Gynera, da Bayer, teve 13 lotes suspensos pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), nesta segunda (26).

Eles apresentaram resultados insatisfatórios em testes de estabilidade, e foram enquadrados em classificação de risco à saúde de Classe III, ou seja, são considerados produtos de alto risco ao indivíduo e/ou médio risco à saúde pública.
A agência não especificou quais riscos o uso do remédio pode ocasionar, apenas emitiu o alerta.

De acordo com a Instituição de Pesquisa Fundação Oswaldo Cruz, "a perda da estabilidade de um medicamento pode estar diretamente relacionada com a perda do efeito terapêutico ou com a formação de produtos de degradação tóxicos".

Anticoncepcional proibido pela Anvisa
O comunicado sobre o comprimido contraceptivo foi feito por meio de publicação no Diário Oficial da União, onde constam os números dos lotes que devem ser recolhidos.

Confira:

Gynera (gestodeno + etinilestradiol) com 21 drágeas