Páginas

Studio mais FM

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Como Parar De Roer As Unhas?

0008886763W-849x565
Não é raro encontrar alguém que tenha comportamento de roer as unhas. A onicofagia – que é o hábito de roer as unhas – tem principio psicológico e seus efeitos vão além do ato de roer. Sua saúde pode ser afetada se essa atitude se tornar um hábito. Fora que destrói a aparência das mãos. Para mudar seu comportamento é necessário determinação e criar estratégias. Ter força de vontade. Veja como se livrar desse mau hábito agora.

Identifique o que causa essa vontade

Geralmente está associada à ansiedade, estresse ou nervosismo. Saber quando isso inicia ajuda a preparar-se para evitar recaídas.

Mantenha as unhas pintadas e cuidadas

Dá pena roer unhas bonitas e bem cuidadas. Faça as unhas toda semana. Não jogue tempo e nem dinheiro fora. Se as unhas não estiverem pintadas, a tentação para roer pode voltar.Não se descuide.

Apare as unhas

Deixá-las com tamanho mínimo dificulta a ação dos “roedores”. Vai dar mais trabalho roê-las. Melhor usar uma lixa do que os dentes.

Sempre tenha uma lixa por perto. Quando a unha quebrar ou lascar, arme-se da lixa.

Use esmaltes especiais

Sim, existem esmaltes preparados para quem tem essa mania. São esmaltes de sabor amargo para que, caso roa, sinta sabor desagradável. Vai fazer você se afastar das unhas.

Pinte com cores escuras

Elas são facilmente identificáveis a qualquer deterioração. Se você estragar as unhas terá que repintar. Ou faça melhor: mantenha sua boca bem longe.

Adote unhas postiças

Elas protegem suas unhas e dará tempo para que cresçam fortes e saudáveis. Dificilmente, você conseguirá mordê-las.

Aplique cremes específicos

Sabe aquelas pelinhas ao redor das unhas? Basta elas aparecerem para você querer tirar com os dentes, não é? Para evitá-las, hidrate unhas e cutículas. A hidratação às deixarão mais resistentes aos danos.

Caso as pelinhas indesejáveis apareçam é recomendável o uso do alicate de unha.

Saiba das consequências

Roer unhas estraga a formação delas. As cutículas podem sangrar e infeccionar. Isso ocasiona ingestão de bactérias e micróbios nocivos ao corpo.

Ao roer as unhas, você pode ingerir minúsculos pedaços que se acumularão no estômago. Suas pontas afiadas podem machucar a parede estomacal e causar úlceras e/ou outras doenças.

Desvie o foco

Se tiver vontade de roer, masque um chiclete, por exemplo. Mascar tira o foco das unhas e dá uma ocupação para a boca.

Procure também aliviar a ansiedade com a prática de esportes, leitura de um livro ou outras atividades saudáveis. Respirar com calma também ajuda.

Se a compulsão for exagerada, procure um especialista para te ajudar – psicólogo ou psiquiatra.

Fina e Rica

DICAS PARA TIRAR MANCHA DEIXADA POR OUTRA ROUPA


Se você colocou as roupas de molho, e sem querer ou por falta de experiência esqueceu de colocar roupas coloridas separadas, quando foi ver estavam todas manchadas porque alguma peça de roupa soltou tinta.
Segue abaixo alguns truques para solucionar esse problema.
DICA 1:
Para tirar a mancha que uma roupa coloca na outra, ferva a peça com sabão de coco cortado em pedacinhos. Usei e funcionou. 

DICA 2:

Para tirar uma mancha deixada por outra roupa é só pegar um pedaço da casca da cana, mas tem que ser a casca mesmo, não pode ser raspada. Se alguém tiver no quintal é melhor, porque é só um pedaço. Colocar a roupa manchada em uma vasilha juntamente com o pedaço da casca e ferver por uns quinze minutos ou até que a mancha saia. 

DICA 3:

Você não prestou atenção e uma peça de roupa escura manchou sua roupa na máquina de lavar. De preferência, não a deixe secar com a "nova cor". Coloque-a em água com um pouco de sabão em pó, numa panela e dê uma fervida, rápida.

DICA 4:

Manchas ocasionadas por mistura de roupas, consegue-se tirar fervendo a roupa manchada em água limpa, mas cuidado não funciona para roupas sintéticas, pois a fervura deformará o tecido.

Fonte- Blog Dicas para limpeza

Os medicamentos anticoncepcionais podem causar infertilidade?


Os medicamentos contraceptivos, os chamados anticoncepcionais ou pílulas, não causam infertilidade. Acontece, entretanto, que o remédio pode mascarar algumas doenças que possam causá-la e algumas mulheres só descobrem os sintomas quando suspendem o uso para tentar engravidar.
Quando uma mulher toma um medicamento anticoncepcional, ele impede que seus folículos ovarianos (local onde se armazenam as células reprodutivas femininas) se desenvolvam e liberem o óvulo. Em outras palavras, inibe momentaneamente a ovulação e, portanto, a fertilidade. Esse efeito não é permanente e pouco tempo após parar de usá-los - alguma vezes, inclusive, já no mês seguinte - a mulher volta a ovular normalmente e estará totalmente apta a ter filhos.
Por outro lado, os anticoncepcionais podem disfarçar os efeitos mais evidentes de doenças que afetam a fertilidade, como a menopausa precoce, por exemplo. Essa patologia suspende a menstruação e as ovulações antes do tempo, com menos de 40 anos, reduzindo as chances de gravidez. Estima-se que de 1% a 3% das mulheres tenham esse distúrbio.
Quando está em tratamento com um medicamento anticoncepcional, os efeitos da menopausa precoce se tornam praticamente imperceptíveis. Os sintomas serão vistos apenas se a mulher tentar ter um filho. Algumas mulheres, ao parar com o uso do medicamento, podem ter ciclos irregulares, que em alguns casos podem ser reflexo de uma reserva ovariana já muito diminuída. Esse fator limita as chances de ter um óvulo de boa qualidade e, consequentemente, de engravidar.

Outras doenças que podem causar a infertilidade feminina, como a endometriose e a Síndrome dos Ovários Policísticos (SOP), também podem ser mascaradas pelo medicamento contraceptivo. Ambas atingem mulheres em idade reprodutiva. A primeira é caracterizada por apresentar células endometriais em locais fora do endométrio - camada interna do útero que é renovada mensalmente pela menstruação, provocando inflamação pélvica, dor e, às vezes, aderências na pelve. Já a SOP é um distúrbio hormonal que provoca a ausência de ovulação e sintomas de aumento de hormônios masculinos, como aumento de pelos pelo corpo (pilificação), pele oleosa, queda de cabelo e acne.
Vale destacar que o uso das pílulas anticoncepcionais, mesmo que por muitos anos, não tem uma relação direta com a incapacidade de engravidar. São estas doenças e o tempo de vida da mulher que vão agir nas funções reprodutivas, independente do uso ou não do medicamento.

A recomendação para mulheres que desejam ter filhos e têm histórico familiar das doenças citadas ou idade avançada é procurar um médico para checar seu potencial reprodutivo. Um especialista pode dizer qual é o limite de idade para engravidar sem muitas dificuldades. Nos casos em que já há uma redução considerável de fertilidade, a reprodução assistida pode ser uma opção para realizar o sonho de ser mãe.
FONTE-MULHERDEABRIL.COM.BR

Lajes pintada é banhada com uma boa chuva na tarde desta sexta-feira (20)

Rua Elias Borges
Uma boa chuva banhou a cidade de Lajes pintadas na tarde desta sexta-feira (20) após vários dias de calor intenso renovando assim as esperanças do Homem do Campo

A chuva teve início   por volta das 15:50hrs caiu com mais intensidade alagando várias ruas da cidade.

A chuva caída veio em boa hora já que garante um pouco de água nos reservatórios que estão praticamente secos.
MaisFmnoticias

terça-feira, 3 de fevereiro de 2015

Climão! Apresentadora do 'Hoje em Dia' comenta sobre sexualidade de Geraldo Luís

Renata Alves, 30, uma das apresentadoras do “Hoje em Dia”, da Record, fez uma brincadeira sobre o colega de emissora, Geraldo Luís, 43, e provocou um climão ao vivo nesta segunda-feira (2).
Após Ana Hickmann, 33, mostrar um copo rosa decorado com corações e questionar de qual artista do canal o objeto pertenceria, Renata insinuou sobre a sexualidade do apresentador do "Domingo Show" ao dar a entender que o item seria dele.
"Será que é do Geraldo [Luís]?", declarou Renata. Todos ficaram em silêncio e apenas a jornalista riu. Para disfarçar o constrangimento, ela continuou com a brincadeira. César Filho, 54, disse logo em seguida: "Quero morrer seu amigo, viu, Renatinha?".
YAHOO